VARIÁVEIS GEOGRÁFICAS INTERVENIENTES NA OCORRÊNCIA DA TUBERCULOSE PULMONAR NO PERÍMETRO URBANO DE GUARAPUAVA, PR

Glauco Nonose Negrão, Leandro Redi Vestena Redin Vestena, Marlene Terezinha Borecki

Resumo


A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa crônica considerada emergência global e problema de saúde pública no Brasil, com distribuição e ocorrência associadas às más condições de vida da população, dificuldade de acesso a serviços públicos, fluxo populacional migratório regional, exclusão social e marginalização. Neste artigo é proposto como objetivo a análise da distribuição espacial e os aspectos epidemiológicos de 458 casos novos de TB entre janeiro de 2001 a dezembro 2013, sob a perspectiva da Geografia da Saúde, no perímetro urbano do município de Guarapuava, PR. Foram efetuadas consultas à base de dados da Secretaria Municipal de Saúde e Ficha Individual de Notificação do Sistema de Informação de Agravos de Notificação; além de órgãos técnicos oficiais secundários relacionados à temática, revisão bibliográfica histórica, relatos orais, atividades de investigação in loco e utilização de um Sistema de Informações Geográficas (SIG) para representação espacial dos dados e fenômenos associados à doença. Percebe-se por análise espacial o endemismo e persistência de focos da TB em bairros específicos e áreas periféricas do município de Guarapuava, PR relacionada à carência de serviços de saneamento básico e baixo índice de desenvolvimento humano. A identificação de aglomerados espaciais traz informação relevante para o sistema de saúde, orientando a busca ativa de casos. Considerando a magnitude da TB como doença socialmente produzida, com impacto negativo sobre a saúde coletiva, este estudo fornece subsídios para estratégias adequadas às ações específicas de controle e monitoramento da doença, enfocando a promoção, prevenção, assistência e reabilitação da saúde. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.