ESPAÇOS LIVRES E TEMPERATURA DE SUPERFÍCIE EM UMA CIDADE DE PORTE MÉDIO DO BRASIL

Gustavo Zen de Figueiredo Neves, Ricardo Augusto Felício, Silvio Soares Macedo, Núria Pérez Gallardo, Francisco A. S. Vecchia

Resumo


O balanço de energia e o fluxo radiativo produzidos nas superfícies urbanas são objetos de poucos estudos no Brasil. O objetivo deste trabalho foi verificar a evolução dos fluxos de energia em ondas longas na cidade de São Carlos-SP. A metodologia fundamenta-se na utilização de um termômetro digital infravermelho fixado em um tripé, com a aferição de pontos cardeais e colaterais nas angulações de ‑10º, 0º, em diversas classificações do uso do solo urbano definidas pelo Laboratório Quadro do Paisagismo do Brasil - QUAPÁ. Os resultados apontam que as temperaturas mais elevadas foram registradas para a angulação -10º altura aproximada ao nível do pedestre.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.